RODRIGO ANDREOLLI

Name: RODRIGO ANDREOLLI

Nacionalidade: Brasil

Nascimento: 1984

RODRIGO ANDREOLLI transita pelas artes performáticas, com especial interesse em pesquisar o corpo como elemento de ativação sensível de camadas visíveis e invisíveis do que é público. Atua na elaboração de estruturas de produção em projetos artísticos multidisciplinares.

RODRIGO ANDREOLLI (São Paulo/Brazil) is a São Paulo based dancer, actor and producer. He works with Brazilian Theater Company TEAT(R)O OFICINA, directed by José Celso Martinez Corrêa, since 2006. Rodrigo has collaborated with Brazilian choreographer Cristian Duarte on the piece THE HOT ONE HUNDRED CHOREOGRAPHERS in 2011 and  has taken part in experiments on the research frame APT? – A PIECE…TOGETHER? led by Cristian Duarte and Paz Rojo, in 2010 and 2011,  in festivals in São Paulo and Madrid. Rodrigo has created the solo piece CUTOUT (2012 – RESIDÊNCIA FUNARTE OUTRAS DANÇAS); the duet A/R, in collaboration with Brazilian artist Raissa Ralola (2013/2014 – Prêmio Funarte Klauss Vianna); the performance ATTEMPT AT EXHAUSTING [A POINT OF VIEW] (2013 – Centro Cultural São Paulo; the publication ÍNCIDE PARA ESCUTA, with Clarissa Sacchelli (2014- Centro Cultural São Paulo), TRAGÉDIA: UMA TRAGÉDIA, directed by Carolina Mendonça, as assistant director and actor (2014- SESC/SP); He was a resident artist and producer of the Residency Project LOTE#1, LOTE#2 and LOTE#3, coordinate by Cristian Duarte in São Paulo.

He was in the dance pirece TIRA MEU FÔLEGO (Take my breath away), by Elisa Ohtake (2014); BATUCADA, by Marcelo Evelin/Demolition INC (2014) and athe theater piece THE LADY OF THE SEA, by Bob Wilson (2014).

He also developed the research project TERREYRO COREOGRÁFICO, with Daniel Kairoz, framing actions on public spaces to study the crossings of choreography, architecture and digital programming.

He studied at SNDO – SCHOOL OF NEW DANCE DEVELOPMENT- Intensive Course (Amsterdam, 2009) and he was selected for DANCEWEB SCHOLARSHIP PROGRAM 2015 – IMPULSTANZ VIENNA INTERNATIONAL DANCE FESTIVAL.

RODRIGO ANDREOLLI

RODRIGO ANDREOLLI (São Paulo/Brasil), ator, dançarino e produtor. Desde 2006, integra projetos do TEAT(R)O OFICINA UZYNA UZONA, sob direção de José Celso Martinéz Corrêa. Foi parte do elenco para montagem do espetáculo PARAÍSO SEM CONSOLAÇÃO, sob direção de Constanza Macras (2008). Participou dos experimentos realizados pelo campo de trabalho APT? – A PIECE…TOGETHER?  coordenado por Cristian Duarte e Paz Rojo nos anos de 2010 e 2011, em São Paulo, Madrid e Viena. Foi colaborador de Cristian Duarte para a criação HOT 100 – THE HOT ONE HUNDRED CHOREOGRAPHERS. Em 2012 foi artista residente do Projeto OUTRAS DANÇAS FUNARTE – Porto Alegre- RS, onde iniciou a pesquisa de trabalho solo CUTOUT. No mesmo contexto iniciou uma parceria com Raissa Ralola (MG) para a criação de A/R, contemplado pelo Prêmio Klauss Vianna 2013. Criou para Centro Cultural SP, o trabalho TENTATIVA DE ESGOTAMENTO [DE UM PONTO DE VISTA] (2013) e a publicação ÍNDICE DE ESCUTA (2014) em colaboração com Clarissa Sacchelli. Foi artista-residente e produtor do projeto LOTE#1, LOTE#2 e LOTE#3 (2011-2014). Foi assistente de direção e ator da montagem TRAGÉDIA: UMA TRAGÉDIA, de Will Eno, direção de Carolina Mendonça.  Integrou elenco de TIRA MEU FÔLEGO, de Elisa Ohtake (2014), participou de BATUCADA, de Marcelo Evelin/Demolition INC (2014) e A DAMA DO MAR, de Bob Wilson (2014).

Em 2014/15, integrou o projeto TERREYRO COREOGRÁFICO, proposto por Daniel Kairoz, subsidiado pelo programa de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo.

Cursou o Intesive Course SNDO – SCHOOL OF NEW DANCE DEVELOPMENT (Amsterdam, 2009) e foi artista selecionado para o programa DANCEWEB 2015 no IMPULSTANZ VIENNA INTERNATIONAL DANCE FESTIVAL.