Perguntas frequentes

Qual o custo do programa 2017 para cada participante?

O custo total do program é o custo de transporte até Athenas e os custos locais menos a moradia que sera oferecida. O custo de vida em Athenas é menor que na cidade do Rio de Janeiro ou em São Paulo. Acreditamos que com algo em trono de 300 a 500 euros.

Existe uma idade mínima ou máxima para se inscrever?
Não, aceitamos inscrições de candidatos de todas as idades. O importante é ressalatar que estamos focando nosso porgrama para participantes em ínicio de carreira. Individuos que já tenham algum processo elaborado de trabalhar e buscam esta possibilidade de se aprimorar e contribuir de maneira coletiva.

A hospedagem está incluída no programa?
A hospedagem está incluida no programa e neste momento iremos oferecer quartos compratidos. Ao longo deste ano iremos trabalhar para conseguir mais fundos para que cada participante tenha seu próprio quarto.

Quando devem chegar os participantes?
A data deve ser em torno do ínicio de março 2017

Qual o custo do visto?
Uma vez selecionados os participantes estrangeiros deverão procurar a embaixada ou consulado brasileiro mais perto (normalmente nas capitais) para ver quais documentos são necessários. A questão do visto é um porblema de constantes mudanças uma vez que respondem a lógicas políticas e podem ser muito diferentes para cada país em questão. O visto pode levar 2 meses para serem preparados e o custo gira em torno de 150 Reais no Brasil (oficialização dos papeis para pedir o visto), mais 100 Euros nos países em questão, e finalmente outros 230 Reais de custos de imigração uma vez que o participante estiver no Brasil onde precisa se registrar na Policia Federal. Estes valores estão sujeitos a mudanças!

Os seminários serão em que língua?
Os seminários serão em lingua inglesa. É indispensável uma razoável compreensão da língua inglesa para participar deste programa. Lembramos que iremos ter muitas palestras, e visitas de outros profissionais estrangeiros que terão as mesmas exigências.

É possível trabalhar durante o ano?
Os seminários ocorrerão em horários diferentes e ainda serão elaborados com os seminaristas e iremos adaptar ao máximo possível às exigências dos participantes. Visto que ao menos 8 participantes não serão da cidade de Athenas, e muitos dos seminaristas também não vivem na cidade e terão carga horária bastante exigente (média de 20 horas por seminário), acreditamos que caberá ao participante se ajustar as exigências da programação. Sublinhamos que o visto que receberemos não permite trabalho legalizado.

As horas exigidas pelo programa consistem em que?
Para o bom funcionamento, preços módicos e um espírito coletivo, o CAPACETE exige participação efetiva do candidatos de forma prática: manutenção da biblioteca que terá horário de abertura ao público, organização dos eventos, manutenção do site, tradução de textos etc. Esta carga horária de 8 horas semanais pode, dependendo do grupo, ter uma exigência completamente diferente desta estipulação inicial. Iremos debater esta problemática com os candidatos selecionados.

———-

Qual o custo do programa 2016 para cada participante?
O custo total do programa é de do valor total de R$ 40.000,00. Para cada participante, dependendo do seu país de origem, haverá uma solução específica de bolsa que cobrirá 85% do valor anual total do programa por participante (bolsa = R$ 34.000,00). R$ 6.000,00 deverão ser pagos pelos participantes. Caberá aos candidatos, junto com a equipe do CAPACETE, trabalhar para conseguir os fundos que irão cobrir os 85% (R$ 34.000,00). Após a seleção dos finalistas, daremos inicio à fase de captação, jutno com os selecionados. Os casos serão analisados e tratados individualmente. Para candidatos que não possuam qualquer possibilidade de financiamento junto a seus países de origem, o CAPACETE irá disponibilizar 2 a 3 bolsas referentes a 85% do valor total do programa. Vale ressaltar que neste caso também, caberá aos candidatos, com ou sem bolsa, contribuir com o valor de R$ 6.000,00, que deverá ser pago em 2 vezes; respectivamente no início do programa, em março, e em julho de 2015.

Existe uma idade mínima ou máxima para se inscrever?
Não, aceitamos inscrições de candidatos de todas as idades. O importante é ressalatar que estamos focando nosso porgrama para participantes em ínicio de carreira. Individuos que já tenham algum processo elaborado de trabalhar e buscam esta possibilidade de se aprimorar e contribuir de maneira coletiva.

Como funcionam as oportunidades de trabalho? Qual a carga horária? Quais os valores de remuneração?
Após a seleção, iremos analisar e discutir com os finalistas que estiverem interessados em fazer um estágio remunerado, junto a profissionais na cidade do Rio de Janeiro (veja lista dos nossos colaboradores de 2015 no programa). Estes estágios terão formas variadas, dependendo da necessidade dos profissionais envolvidos em oferecer estas vagas, e das capacidades de cada participante do programa (suas qualidades específicas; design gráfico, tradução, habilidades manuais etc.). Os casos serão analisados e tratados individualmente. Os estágios poderão ter de 10 s 20 horas semanais, ou outras equações, dependendo das necessidades dos profissionais e participantes envolvidos. O valor da remuneração serão elaboradores com cada profissional envolvido e independe do programa do CAPACETE. Sublinhamos que estes estágios se iniciam somente no més de abril uma vez que existe o més de adaptação do participante selecionado na cidade do Rio de Janeiro.

A hospedagem está incluída no programa?
A hospedagem não está incluida no programa e cabe a cada participante resolver esta equação. A equipe do CAPACETE irá, na medida do possível, ajudar a resolver esta questão. Neste momento, o CAPACETE tem à disposição 4 quartos, em um apartamento generoso no bairro da Gloria, com um preço mensal de R$ 1.500,00 por quarto, com tudo incluído (eletricidade, gas, internet etc.). Estes quartos serão postos à disposição para os interessados neste tipo de equação coletiva. Em 2015 conseguimos também uma colaboração com um artista local que se dispos a alugar sua casa com 5 quartas no bairro do Cosme Velho; portanto todos nossos participantes do programa 2015 foram confortavelmente hospedados. Esta equação, porém, esta sujeito a revisão para 2016. Iremos, após consulta dos candidatos finalistas, procurar outras soluções individuais ou coletivas referentes a moradia. É importante ressaltar que a moradia, na cidade do Rio de Janeiro, vem se tornando um problema cada vez mais agudo, exigindo maior flexibilidade dos inquilinos e forçando novas formas de convivência. Ciente deste problema, o CAPACETE, investirá esforços para conseguir solucionar da melhor maneira possível este ponto, ressaltando porém, que não pode se responsabilizar por achar uma solução perfeita e igualitária para todos os participantes selecionados.

Quando devem chegar os participantes?
Uma vez selecionados os participantes, iremos organizar as moradias e as respectivas burocracias (financiamento, vistos etc.). Caso um candidato brasileiro preferir buscar sua próprio hospedagem, aconselhamos que esteja aqui logo após o carnaval de 2015. As datas exatas do programa serão anunciados mais adiante no ano.

Qual o custo do visto?
Uma vez selecionados os participantes estrangeiros deverão procurar a embaixada ou consulado brasileiro mais perto (normalmente nas capitais) para ver quais documentos são necessários. A questão do visto é um porblema de constantes mudanças uma vez que respondem a lógicas políticas e podem ser muito diferentes para cada país em questão. O visto pode levar 2 meses para serem preparados e o custo gira em torno de 150 Reais no Brasil (oficialização dos papeis para pedir o visto), mais 100 Euros nos países em questão, e finalmente outros 230 Reais de custos de imigração uma vez que o participante estiver no Brasil onde precisa se registrar na Policia Federal. Estes valores estão sujeitos a mudanças!

É possível participar dos seminários separadamente?

Não. Exigimos dos candidatos participação em todas as oficinas, a não ser por razões de ordem maior e/ou profissional (exposição ou outras formas de trabalho). Todos os seminaristas irão realizar uma fala aberta ao público.

Os seminários serão em que língua?
Os seminários serão em lingua inglesa. É indispensável uma razoável compreensão da língua inglesa para participar deste programa. Lembramos que iremos ter muitas palestras, e visitas de outros profissionais estrangeiros que terão as mesmas exigências.

É possível trabalhar durante o ano?
Os seminários ocorrerão em horários diferentes e ainda serão elaborados com os seminaristas e iremos adaptar ao máximo possível às exigências dos participantes. Visto que ao menos 8 participantes não serão da cidade do Rio de Janeiro, e muitos dos seminaristas também não vivem na cidade e terão carga horária bastante exigente (média de 20 horas por seminário), acreditamos que caberá ao participante, carioca neste caso, se ajustar as exigências da programação. Por conclusão, os candidatos que tenham um emprego fixo, terão problemas reais de adaptação as exigências do programa. Por outro lado, outros trabalhos ou projetos com carga horária mais flexíveis, são muito bem vindos. Iremos discutir isto com os finalistas na medida que isto possa se tornar um dilema.

As 8 horas exigidas pelo programa consistem em que?
Para o bom funcionamento, preços módicos e um espírito coletivo, o CAPACETE exige participação efetiva do candidatos de forma prática: manutenção da biblioteca que terá horário de abertura ao público, organização dos eventos, manutenção do site, tradução de textos etc. Esta carga horária de 8 horas semanais pode, dependendo do grupo, ter uma exigência completamente diferente desta estipulação inicial. Iremos debater esta problemática com os candidatos selecionados.

Teremos um estudio individual para trabalhar?
O CAPECETE dispõe de uma sede/casa no bairro da Gloria onde funciona a biblioteca e onde irão acontecer a maior parte dos programas (seminários, oficinas, falas, encontros, comidas etc.). A casa/sede tem espaços flexiveis, e iremos adaptá-los às necessidades coletivas (mesas etc.). Não teremos espaços que atendam exigências individuais. O programa CAPACETE esta focado no pensar coletivo e as ações daí oriundas.

 

Posted in FAQ